Acerca de mim

A minha foto
A Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas de Resende (antes denominada BE do AVEResende) era constituída, no ano letivo de 2009/2010, pela Biblioteca do Centro Escolar de S. Martinho de Mouros e pela Biblioteca Dr. Joaquim Correia Duarte. No ano letivo de 2010/2011, a BE ficou enriquecida com a Biblioteca do Centro Escolar de Resende. Em 2011/2012, com a junção de escolas, o Agrupamento de Escolas de Resende passou, com A BEgas, a ter quatro bibliotecas em funcionamento. Atualmente, e desde 2013/2014, a BE é formada por mais uma biblioteca, a do Centro Escolar de S. Cipriano. Constituem objetivos principais da BE: disponibilizar recursos e serviços, para todas as escolas do agrupamento, e fomentar, entre estas, o diálogo e a cooperação, em parceria com as entidades locais, de modo a contribuir para a consolidação da Rede de Bibliotecas Escolares; Promover o serviço de marketing da BE.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Dramatização "Diálogos entre Pessoas"


    Muitos parabéns, à turma 12.º C e à professora Cecília, pelo excelente trabalho apresentado, na BEgas, no âmbito do 82.º aniversário da morte de Fernando Pessoa!


domingo, 26 de novembro de 2017

Voluntários da Leitura



     No âmbito do projeto "Voluntários da Leitura", em colaboração com a Associação de Pais e Encarregados de Educação, e a Universidade Sénior de Resende, promoveu-se no passado dia 23 de novembro na BE do CER, o 1º encontro de leitura. Os alunos da turma R9, do 2º ano, tiveram oportunidade de ouvir ler a História "O Elefante Cor de Rosa", de Luísa Dacosta, pela D. Lurdes, aluna da USR. Após a leitura, a D. Lurdes, com base na sua experiência de vida, transmitiu aos alunos alguns conselhos acerca da importância da escola e da leitura nas suas aprendizagens e formação enquanto pessoas e futuros profissionais e cidadãos responsáveis. Obrigada a todos pela colaboração.
A PB, Glória Gonçalves

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Literacia 3Di - o desafio pelo conhecimento, na Escola Secundária


   Nos dias 13, 14 e 20 de novembro, decorreu, na sala TIC1 da Escola Secundária, a 1.ª fase do concurso nacional "Literacia 3Di", promovido pela Porto Editora, que apela à consolidação de aprendizagens e ao desenvolvimento de competências em áreas específicas do conhecimento.
   Alunos do quinto e sexto anos participaram, com grande entusiasmo,  no desafio pelo conhecimento subordinado às literacias de Matemática e Ciência, respetivamente. Alunos do sétimo ano realizaram a prova de Leitura e os do oitavo ano foram envolvidos na área de literacia do Inglês.
   A segunda fase (distrital) deste concurso decorrerá de 26 de fevereiro a 2 de março de 2018 e a terceira fase (final nacional) terá lugar no dia 11 de maio, no Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva, em Lisboa.
Que os nossos alunos continuem a elevar os seus níveis de literacia e a promover, em simultâneo, o seu desenvolvimento educativo, pessoal e social!

A professora bibliotecária, Minervina Dias

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Maratona de Cartas 2017 - Expor, ler e refletir


   A atividade Maratona de Cartas 2017, promovida pela Amnistia Internacional, organização não governamental na defesa dos direitos humanos, trouxe à BEgas o 8E, primeira turma participante, acompanhada pelo seu DT, professor Sérgio Matos.
   Nesta aula de Educação para a Cidadania, enquadrada na iniciativa "Expor, ler e refletir",  os alunos foram desafiados, pela Professora Bibliotecária, a pesquisar e a ler informação subordinada a cinco casos internacionais, em que são colocados em causa alguns direitos humanos: liberdade de expressão, identidade de género, discriminação, julgamentos justos... Realizaram-se pesquisas online, localizações geográficas, leitura e seleção de informação, reflexão e troca de ideias, subordinadas a cada caso exposto, a partir da análise de fichas informativas cedidas gratuitamente pela Amnistia Internacional.
   Sejamos todos defensores dos direitos humanos e ambientais e apelemos aos mesmos, fazendo parte desta "Maratona de cartas 2017", lendo, refletindo e assinando as petições na BEgas, para nos enriquecermos enquanto cidadãos no Mundo!
A professora bibliotecária, Minervina Dias

    «A Amnistia Internacional foi fundada em 1961 pelo advogado britânico Peter Benenson, na sequência de uma notícia publicada no ano anterior pelo jornal Daily Telegraph sobre a condenação de dois jovens estudantes portugueses a sete anos de prisão por gritarem "viva a liberdade" numa esplanada no centro de Lisboa durante o regime de Salazar. O causídico apelou aos países que libertassem pessoas detidas por motivos de consciência, incluindo convicções políticas e religiosas, preconceitos raciais ou linguísticos.» in https://pt.wikipedia.org/wiki/Amnesty_International